A bioética na educação

por Jorge Junior
Categoria Pai: Notícias
Acessos: 1002
A bioética e seus princípios na educação se tratam de uma forma de ética aplicada. De um ponto de vista amplo, essa forma é parte de uma filosofia que pode ser considerada norma imposta pela sociedade e até um estudo dos valores morais e ideais do comportamento humano.

Neste contexto, a bioética abrange valores e condutas da vivência, assim como da saúde e do meio ambiente. Ela pode ser tratada também como um reflexo de eventos externos, que no geral são inovadores em relação à segurança dos princípios vitais, culturais e espirituais. "Eu proponho o termo bioética como forma de enfatizar os dois componentes mais importantes para se atingir uma nova sabedoria, que é tão desesperadamente necessária: conhecimento biológico e valores humanos", disse Van Rensselaer Potter.
 
Os quatro princípios essenciais da bioética são:

- Princípio da autonomia: ligado ao livre consentimento do indivíduo, podendo assim ter liberdade de escolher o que quiser.
- Princípio da beneficência: proibir condutas que de alguma forma podem gerar algum malefício.
- Princípio da justiça: diz respeito a um princípio ético de ordem social, ou seja, relações do estado com o cidadão.
- Princípio da dignidade e da pessoa humana: guiar através da vida humana, que deve ser protegida contra agressões indevidas.

Diversas questões são polêmicas dentro a bioética, como a clonagem, o aborto, a eutanásia, entre outros. Com isto, é notável a importância de tratar o ser humano com respeito e igualdade, assim com os princípios morais de cada um
.


Leave your comments

Post comment as a guest

0
Your comments are subjected to administrator's moderation.
terms and condition.

Comments