• Bandeirantes promove debate entre Serra e Haddad nesta quinta em São Paulo

    Para enviar a pergunta, acesse http://noticias.band.uol.com.br/eleicoes2012/envie-sua-pergunta/.

    Serra venceu o primeiro turno na capital paulista com 30,75% dos votos válidos. Haddad obteve 28,97%.



  • Bilhete único mensal começa a partir de novembro em São Paulo

    O bilhete único mensal começa a valer em São Paulo a partir de novembro. O novo serviço, no entanto, vai funcionar em forma de teste algumas semanas antes, sendo exclusivo para deficientes, idosos e estudantes. O valor ainda não foi divulgado.
  • Bilhete Único Mensal em SP custará R$ 140; cadastro começa no dia 15 deste mês

    O valor do serviço será de R$ 140, o equivalente a 46 viagens em relação ao preço atual da tarifa (R$ 3). A medida deve entrar em vigor no mês de novembro.

    O cadastro será feito em duas etapas: na primeira, o usuário deve preencher uma ficha pela internet; na segunda, ele deve seguir para a confirmação pessoalmente em um posto de atendimento, onde será colhida a impressão digital para a identificação biométrica dos cartões.


  • Campanha de Serra lança jogo na qual Haddad, Maluf e Dirceu destroem São Paulo

    "Angry Haddad" pode ser instalado via Facebook neste link: bit.ly/AngryHaddad.

    Serra venceu o primeiro turno com 30,75% dos votos válidos. O petista Fernando Haddad obteve 28,97%. A eleição do segundo turno acontece no próximo domingo (28).





  • Candidatos à prefeitura de São Paulo participam hoje de debate da Arquidiocese

    O líder das últimas pesquisas, Celso Russomanno (PRB), não vai comparecer ao evento. O motivo seria o mal entendido causado por um artigo escrito pelo presidente do seu partido, Marcos Pereira, na qual relacionava o "kit antihomofobia", vetado por Dilma Rousseff, à Igreja Católica. Em resposta, o cardeal Scherer determinou que uma nota assinada por ele fosse lida em todas as missas da capital na manhã do último domingo (16) como forma de rebater as acusações.

    Russomanno afirmou que participaria do debate apenas se o cardeal o recebe previamente para uma reunião, o que foi negado por Dom Odilo Scherer.

     

    Nota do editor: o site De Olho na NET não apoia nenhum político. Os demais candidatos à Prefeitura de São Paulo serão citados de forma imparcial em futuras matérias.


  • Capa da Veja ainda repercute no Facebook


    O assunto rendeu diversos tipos de debates entre os internautas. Alguns acreditam em jogada de marketing, para que os telespectadores da novela comprem a revista e, consequentemente, se interessem pela matéria política. Também há quem considere um absurdo a revista colocar personagens de novela na capa.

    Enquanto revista gera discussão na rede social, o STF (Superior Tribunal Federal) analisa as denúncias feitas entre 2003 e 2005, do que seria o maior escândalo político na história recente do Brasil. Vale lembrar que o julgamento, que deve durar um mês, refere-se ao suposto desvio de dinheiro para render apoio político e pagar campanhas eleitorais do governo Lula. O caso do Mensalão tem 38 réus, entre políticos e empresários. Em entrevista ao Jornal do Senado, o senador Álvaro Dias (PSDB), disse que ainda faltam nomes no banco dos réus. O mais interessante é o assunto estourar justamente na época de eleições municipais no país. Fique de olho!



  • Carlos Giannazi 50, do PSOL, encerra sua campanha hoje na Avenida Paulista

    Na última pesquisa Datafolha divulgada no dia 3 de outubro, Carlos Giannazi obteve apenas 1% das intenções de voto.
     

    Nota do editor: o site De Olho na NET não apoia nenhum político. Os demais candidatos à Prefeitura de São Paulo serão citados de forma imparcial em futuras matérias.



  • Carlos Giannazi 50, do PSOL, faz campanha hoje na Avenida Paulista

    Na última pesquisa Datafolha divulgada no dia 27 de setembro, Carlos Giannazi obteve apenas 1% das intenções de voto.
     

    Nota do editor: o site De Olho na NET não apoia nenhum político. Os demais candidatos à Prefeitura de São Paulo serão citados de forma imparcial em futuras matérias.



  • Carlos Giannazi 50, do PSOL, faz campanha hoje nas Faculdades do metrô São Joaquim

    Na sequencia, Giannazi participa de um debate com candidatos a vereador na EACH (Escola de Artes, Ciências, e Humanidades), na USP Leste.

    Na última pesquisa Datafolha divulgada no dia 20 de setembro, Carlos Giannazi foi citado, mas não conseguiu alcançar o mínimo de 1% nas intenções de voto.
     

    Nota do editor: o site De Olho na NET não apoia nenhum político. Os demais candidatos à Prefeitura de São Paulo serão citados de forma imparcial em futuras matérias.




  • Carlos Giannazi 50, do PSOL, faz campanha hoje no centro de São Paulo

    Na última pesquisa Datafolha divulgada no dia 3 de outubro, Carlos Giannazi obteve apenas 1% das intenções de voto.
     

    Nota do editor: o site De Olho na NET não apoia nenhum político. Os demais candidatos à Prefeitura de São Paulo serão citados de forma imparcial em futuras matérias.


  • Carlos Giannazi 50, do PSOL, faz campanha na Paulista nesta sexta

    Na última pesquisa Datafolha divulgada no dia 12 de setembro, o candidato do PSOL obteve apenas 1% das intenções de voto, empatado com Paulinho da Força (PDT).

     


    Nota do editor: o site De Olho na NET não apoia nenhum político. Os demais candidatos à Prefeitura de São Paulo serão citados de forma imparcial em futuras matérias.




  • Carlos Giannazi 50, do PSOL, participa de ato com apoiadores da PUC-SP

    Na última pesquisa Datafolha divulgada no dia 12 de setembro, Carlos Giannazi obteve apenas 1% das intenções de voto.

     

    Nota do editor: o site De Olho na NET não apoia nenhum político. Os demais candidatos à Prefeitura de São Paulo serão citados de forma imparcial em futuras matérias.



  • Carlos Giannazi 50, do PSOL, participa de debate no Sindicato dos Engenheiros de SP nesta quinta

    Já estiveram no sindicato para debate os candidatos Paulinho da Força (PDT), Soninha Francine (PPS), Fernando Haddad (PT), Celso Russomanno (PRB), Ana Luiza (PSTU), Gabriel Chalita (PMDB) e Levy Fidelix (PRTB).

    Na última pesquisa Datafolha divulgada hoje, Carlos Giannazi foi citado, mas não conseguiu alcançar o mínimo de 1% nas intenções de voto.

     

    Nota do editor: o site De Olho na NET não apoia nenhum político. Os demais candidatos à Prefeitura de São Paulo serão citados de forma imparcial em futuras matérias.



  • Carlos Giannazi 50, do PSOL, participa de sabatina na Faculdade Mackenzie nesta quarta

    Na última pesquisa Datafolha divulgada no dia 20 de setembro, Carlos Giannazi foi citado, mas não conseguiu alcançar o mínimo de 1% nas intenções de voto.
     

    Nota do editor: o site De Olho na NET não apoia nenhum político. Os demais candidatos à Prefeitura de São Paulo serão citados de forma imparcial em futuras matérias.

  • Carlos Giannazi 50, do PSOL, visita setores de educação e cultura nesta quarta

    A partir das 19h, o candidato do PSOL participa de um debate com alunos da Universidade Estácio de Sá.

    Na última pesquisa Datafolha divulgada no dia 12 de setembro, Carlos Giannazi obteve apenas 1% das intenções de voto.

     

    Nota do editor: o site De Olho na NET não apoia nenhum político. Os demais candidatos à Prefeitura de São Paulo serão citados de forma imparcial em futuras matérias.


  • Celso Russomanno 10, do PRB, faz campanha na zona leste nesta terça

    Na última pesquisa Datafolha divulgada no dia 27 de setembro, Russomanno manteve a liderança com 30% das intenções de voto, seguido por José Serra (PSDB), com 22%, e Fernando Haddad (PT), com 18%.



    Nota do editor: o site De Olho na NET não apoia nenhum político. Os demais candidatos à Prefeitura de São Paulo serão citados de forma imparcial em futuras matérias.



  • Chalita promete investir R$ 50 mi na informatização do SUS

    O chamado e-Gov (Governo Eletrônico) seria aplicado mediante ao Cartão Paulistano, capaz de armazenar informações detalhadas do paciente, como cadastro completo, consultas realizadas e os médicos que o atendeu.

    Gabriel Chalita também disse que o custo para a modernização do SUS não é tão alto. "Os médicos poderão saber todo histórico, comparar exames. Se você não tem isso em rede, não tem o histórico da sua vida. Isto não é tão caro como antes. Há cidades do interior fazendo isso. O conceito de informatizar. É um sistema de inteligência para melhorar o sistema de saúde de São Paulo", afirmou.

    O candidato também revelou que a área da saúde será o carro-chefe de sua campanha. Segundo ele, ações e melhorias devem ser imediatas porque a atual situação da cidade é desesperadora. Em vista disso, a prefeitura receberia a ajuda dos governos federal e estadual. "Queremos uma proposta racional em uma parceria com o governo federal e estadual. São Paulo perdeu muito com essa briga entre Prefeitura, Estado e Governo Federal. O que queremos é beneficiar a população de São Paulo. Onde há recursos, temos que ir atrás. Temos que aproveitar. Não podemos abandonar o que está sendo feito. Temos que melhorar o que está sendo feito e aproveitar tudo o que o anterior fez, fazendo funcionar o que já existe", disse Chalita.

     

    Nota do editor: O site De Olho na NET não apoia nenhum político. Os demais candidatos a prefeitura de São Paulo serão citados de forma imparcial em futuras matérias.


  • Confira a agenda de Fernando Haddad 13, do PT, nesta sexta

    No primeiro turno, Haddad ficou em segundo lugar com 28,97% dos votos válidos.  O rival do PSDB, José Serra, venceu com 30,75%.



    Nota do editor: o site De Olho na NET não apoia nenhum político. Os demais candidatos à Prefeitura de São Paulo serão citados de forma imparcial em futuras matérias.

  • Datafolha aponta Haddad com 15 pontos a frente de Serra em São Paulo

    O Datafolha entrevistou 2.100 eleitores nos dias 23 e 24 de outubro. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S. Paulo.

    Serra venceu o primeiro turno com 30,75 % dos votos válidos, enquanto Haddad obteve 28,97%.


  • Datafolha aponta Haddad com 17 pontos a frente de Serra em São Paulo

    O Datafolha entrevistou 2.098 eleitores nos dias 17 e 18 de outubro.